Gabriell Neves, ex-subsecretário estadual de Saúde de Wilson Witzel, foi preso na manhã de hoje durante a ação batizada de Operação Mercadores do Caos realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Ele é suspeito de levar vantagem na compra emergencial de respiradores, equipamento essencial nesta pandemia.

É inadmissível que usem a crise humanitária, para roubar dinheiro público. É por isso que adotam medidas simplistas que aterrorizam a população aos invés de buscar uma melhor solução para uma questão tão complexa que é salvar vidas e preservar empregos. No fundo disso tudo tem isso aí, ROUBO!

Agora a casa caiu … será que já podemos contar com uma delação premiada? Estamos ansiosos por isso!